Um capuccino, por favor

Eu tenho um amor meio doido por cafeterias.

É claro que não é só pelo café/capuccino, apesar de eu realmente achar que não há vida sem eles, mas pra mim tem muito mais a ver com todo o ambiente do lugar. O aroma, os detalhes, as comidinhas, os livros (algumas têm e ganham muitos pontos positivos por isso); tudo influencia. Tanto é que sentar em uma cafeteria junto com o Diego, pedir um bom capuccino, alguma comida gordinha e ficar ali conversando por horas com ele deixa meu dia muito mais feliz. É só uma horinha do dia, mas se eu estiver chateada ou estressada por algum motivo parece até que funciona como um remédio. E se eu tô feliz, triplica a felicidade. Eu falei que era um amor meio doido, não falei?

Se eu vou sozinha pra cafeteria, já pego algum livro que tem no lugar ou algum que esteja dentro da minha bolsa (o “História da moda no Brasil” que eu to lendo agora, infelizmente,é impossível de levar, seja a bolsa do tamanho que for) e fico ali. Nem vejo o tempo passar. Parece cena de filme, eu sei, mas pra mim esses roteiristas é que não são bobos nem nada e resolveram passar uma das sensações mais deliciosas que a gente pode ter pra tela dos cinemas.

Mas daí que nessa minha curta vida de 22 anos de idade acabei conhecendo mais gente que é tão louca quanto eu por cafeterias. Do tipo que vai pra Curitiba e visita umas 10 cafeterias em uns poucos dias de viagem. Podem acreditar! E comecei a pensar que se tivesse dinheiro pra investir em um projeto grande e que não tivesse nada a ver com minha profissão eu provavelmente abriria um café (ou uma luderia, porque eu também já pensei nisso haha). Não precisava ser enorme, mas seria com todos os detalhes que eu prezo nesses lugares. Com toda uma mobília delicada e condizente com a decoração, com os livros nas estantes bem à vista, com paredes cheias de referências à magia do café e, claro, com uma área ao ar livre.

Enquanto “minha cafeteria” fica só nos sonhos e planos, eu vou visitando todas as que passam pelo meu caminho e fica tudo registrado aqui. Se alguém tiver mais contribuições pra colocar, eu vou amar ter novos lugares pra visitar, sejam eles onde forem. E pra quem ainda não tomou o café da tarde de hoje, bora pra alguma cafeteria?

;*

Anúncios

3 pensamentos sobre “Um capuccino, por favor

  1. É uma delícia mesmo! Pena que essa cultura de cafeterias está apenas começando aqui no Brasil e ainda são poucos os cafés realmente incríveis por aí… Mas a situação está melhorando, e muito! Que bom para a gente!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s