There’s no place like home

Assim como os livros, revistas são fundamentais no meu dia-a-dia. Servem não apenas como passatempo, mas – e principalmente – como estudo e informação. Algumas dessas revistas me chamam mais atenção pelos editoriais que possuem… algumas fotos são tão bonitas, com uma poética tão grande, que me fazem ficar horas e horas de olhinhos vidrados.  Sabem aquelas imagens que fazem a gente suspirar baixinho?! Pois é, eu sou dessas que fica toda emocionada com fotografias,  em especial fotografias que envolvem esse lado artístico que a Moda explora.

A Lula Magazine é uma dessas revistas mágicas e apaixonantes! Infelizmente é complicado achá-la aqui no Brasil, e mesmo nesse caso – ou comprando pela internet – o preço não é nem um pouco acessível. Mesmo assim dá pra acompanhar as edições pelo site, o que não me impede de continuar com a promessa de comprá-la um dia – porque convenhamos que nada se compara com o toque e folhear dessas revistas, né?

Sobre a Lula: A Lula Magazine é um revista londrina que tem tiragem semestral e tem como editora de estilo a ex-voguete Leith Clark. Ela tem pouquíssimos anúncios nas suas páginas, o que diga-se de passagem é difícil de achar nas revistas do gênero. Quem nunca se deparou com revistas que tem mais propagandas do que matérias e fotos? Só por isso ela já ganha muitos pontos comigo, mas o mais importante (e o que torna essa revista tão querida) é essa aura toda feminina e romântica que ela possui. Eu tenho a Lula como algo meio precioso, daquelas coisas que você tem vontade de guardar a sete chaves, sabe?

Em comemoração aos 5 anos da revista abriram uma pop up store  na Harvey Nichols, uma loja de departamento inglesa. As roupas e acessórios vendidos não poderiam ter um clima mais Lula do que isso!
E o mais legal de tudo foi a decoração montada no lugar: montagens, colagens, muita cor e muita Lula recheando as paredes (com muitos corações espalhados ainda por cima).

Nesse clima de festa, decidi postar alguma fotos da Lula edição #10, uma das minhas preferidas.  Espero que gostem :)

A edição teve sete capas diferentes que também formaram um editorial interno na revista

Todas as fotos foram inspiradas na personagem Moranguinho <3

O fotógrafo responsável por tanta beleza foi Damon Heath

Edição #10: E o styling fica por conta de Leith Clark

E o styling ficou por conta de Leith Clark

"Doll is Mine"

A cartela de cores do editorial acertou em cheio no clima infantil/romântico

A cartela de cores do editorial acertou em cheio no clima infantil/romântico

Não é de brilhar os olhinhos?

O título do post é a chamadinha tão conhecida da Lula: There’s no place like home.
Pra quem quer seguir de pertinho, além do site a Lula tem twitter: @lulamag.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s